quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Death would greet with eternal sleep

My soul would come to peace
My life had ceased
The time was comed
Can no-one hear my pleas

Lowered down in the moisty ground

Into the dark and cold
My heart's beat the only sound
Pain tears my limbs and soul



I am the devil
His world is a winter of hell
His rhythm is wayched in pain
He doesn't move
Tortured by solitude
I bleed with hate
Tortured by myself this light is out

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

O primitivo não respeitado



Na maioria da América os indígenas estão praticamente extintos e sua terra ocupada e descrita como não pertencente a eles.
No Brasil temos um exemplo claro, nós lugares aonde os colonizadores chegaram antes não temos nativos, no interior temos indígenas com culturas belas, mas boa parte delas foi perdida em meio à invasão dos colonizadores e de quem os tentava converter a qualquer outra cultura, hoje eles não tem terra e tem culturas fragmentadas e com um futuro destruído, pois seus filhos e netos não tem a chance de viver como seus ancestrais eram porque vivem em um mundo cristão dominado pelo capitalismo e globalização.
No fim ira acontecer como na Noruega e outros países onde tiveram as culturas destruídas e ocupadas por outra e pela globalização.
A verdade é que não temos mais pessoas que estão dispostas a mostrar a culturas dos nossos ancestrais, nos U.S. A as pessoas acham que os ancestrais americanos delas eram macacos que não pensavam, assim como na América do sul, os nativos tiveram um grande papel na caracterização do povo e da cultura atual.

A verdade é que evoluímos não para melhor, mas também não para pior.
Se tivéssemos a astronomia e a matemática do povo da América central e América do sul seriou muito evoluída, assim como seriamos evoluídos no conhecimento dos oceanos e dos rios com as tecnologias nórdicas, na África aprenderíamos como superar dificuldades como fome e cede.
Nós não demos valor aos nosso ancestrais primitivos que já viviam na terra em que vivemos hoje